Carboidrato: vilão ou mocinho?

Com certeza você já leu algo relacionando os carboidratos com doenças, obesidade, entre outros.

Pois bem, os carboidratos realmente “em excesso” e fora de uma programação de acordo com as necessidades do indivíduo, podem trazer vários malefícios para a saúde, inclusive para o atleta.

O que muitos desconhecem, é que o nosso corpo depende de carboidratos, inclusive para sobrevivência.Tanto que na falta deles, nosso corpo “transforma” por um processo chamado gliconeogênese, outros nutrientes em glicose (resultado da quebra do pobre do carboidrato).

Na performance, podemos dividir nossa atividade física em dois principais caminhos para gerar energia: Anaeróbio e Aeróbio. Com certeza você também já ouviu falar nesses dois nomes.

 

Anaeróbio

  • O sistema anaeróbio (glicolítico), nosso corpo “quebra” a glicose até um processo chamado piruvato e enfim, lactato. Esse sistema, é conhecido como “independente” de oxigênio e muito eficiente em gerar energia de forma rápida, porém, por curto espaço de tempo.

 

Aeróbio

  • No sistema aeróbio (oxidativo), nosso corpo utiliza dois caminhos: glicose e gordura. É um sistema com menos eficiência em gerar energia rápida, porém, o mais eficiente em manter nosso sistema funcionando por muito mais tempo.

 

Dentro de uma dieta balanceada para a performance, a ideia é fornecer energia de forma eficiente e pelo tempo suficiente que a atividade perdurar. Dessa forma, podemos entender que, os carboidratos são de extrema importância para a produção de energia para a atividade física.

 

Suplementação

 

Pense só, um corredor de rua (provas entre 5km e 15km) para ter eficiência, é dependente do sistema oxidativo para manutenção da velocidade média e dependente do sistema glicolítico para a aceleração no último trecho da prova. Caso falte algum dos nutrientes citados, ele não conseguirá manter sua prova, nem muito menos finalizar da forma esperada. Para isso, podemos usar de todas as estratégias possíveis que encontramos no mercado. Uma delas é a suplementação: pré, intra e pós treino/prova. Encontramos carboidratos como Accelerade, Accel Gel e Endurox R4 que podem ser utilizados de acordo com o entendimento do(a) nutricionista. Lembrando sempre de procurar profissionais atualizados para tal organização em seu plano nutricional.

 

Fonte: Luiz Fernando Miranda
Carregando...